• dom. maio 26th, 2024

Transformação digital do município foi prioridade da Prefeitura de Niterói em 2022

ByJORNAL NITERÓI

dez 30, 2022

Lançada em dezembro, Estratégia de Governo Digital (EGD) vai articular ações que utilizam a tecnologia para tornar a administração pública mais ágil e eficiente

29/12/2022 – A Prefeitura de Niterói avançou, em 2022, no processo de transformação digital do município. Com o objetivo de responder às demandas e necessidades dos moradores de forma ágil e eficiente, a Prefeitura aposta no uso da tecnologia e na informatização para melhorar a experiência do cidadão na demanda por serviços públicos.

A Prefeitura lançou em dezembro a Estratégia de Governo Digital (EGD) de Niterói. Coordenada pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), a iniciativa visa orientar a transformação digital do município de forma articulada, buscar maior eficiência, simplicidade e facilidade no acesso a serviços e políticas públicas, e ampliar a transparência.

Após um processo colaborativo com os demais órgãos da Prefeitura e especialistas no tema, foram definidos cinco princípios norteadores, 13 objetivos estratégicos e 50 metas até 2033. A missão da EGD é gerar um ambiente inovador e sustentável na cidade, direcionando esforços para tornar Niterói mais digital, integrada, humana e acessível. As ações da Estratégia de Governo Digital estão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas, com a Estratégia Nacional de Governo Digital, além dos instrumentos de planejamento do município como o Plano Estratégico Niterói Que Queremos 2013-2033 e o Plano Plurianual 2021-2025.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que a Estratégia de Governo Digital mostra que Niterói é uma cidade inovadora e que prioriza a utilização da tecnologia para aumentar a eficiência da administração pública.

“A EGD é uma grande conquista de Niterói. Estamos regulamentando todas as ações e iniciativas que dizem respeito à transformação digital do município. Iniciamos esse processo de modernização da gestão pública em 2013, no governo Rodrigo Neves, avançamos muito e hoje temos essas ações consolidadas e com metas a serem cumpridas. O objetivo maior é sempre prestar melhores serviços para a população de Niterói”, explicou Axel Grael.

A secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti, enfatizou o pioneirismo dessa iniciativa, que posiciona Niterói entre os primeiros municípios do Brasil que contam com um plano de transformação digital. A Prefeitura elabora seus projetos e políticas públicas a partir de um planejamento estratégico. A EGD tem como propósito tornar o município ainda mais digital, sustentável e acessível.

“A estratégia é fundamental para que a cidade avance ainda mais em sua transformação digital e na modernização da gestão, com serviços mais rápidos e práticos para o cidadão. A partir de um trabalho coletivo entre os órgãos e entidades municipais, conseguimos traçar resultados-chave que levam em consideração os desafios e prioridades de Niterói, com a tecnologia a serviço da população. Será um novo marco para o fortalecimento da gestão de dados e qualificação das políticas públicas. A EGD vai proporcionar mais transparência, eficiência e agilidade na prestação dos serviços públicos municipais”, pontuou a secretária de Planejamento.

Relacionamento com o cidadão e Colab – A Prefeitura de Niterói possui uma plataforma de gestão pública colaborativa. O Colab é um meio de contato direto digital entre o cidadão e o poder público. Em 2022, a Prefeitura recebeu 19.379 demandas da população via Colab. A taxa média de resolução das demandas recebidas pelo aplicativo é de 89,5%. Desde 2017, a plataforma realiza consultas públicas. Até hoje, já foram realizadas 42 consultas com um total de 93,3 mil participações dos cidadãos. A principal consulta foi sobre homenagem ao ator Paulo Gustavo, em 2001, com 34.408 participações. O Colab também se destacou no agendamento da vacinação contra a Covid-19. Com o Colab, Niterói se tornou referência para diversas outras prefeituras e órgãos que buscam a cidade para estabelecer cooperações nessa área.

O coordenador de comunicação digital e relacionamento com o cidadão do município, Fernando Stern, afirmou que, ao longo dos últimos anos, a Prefeitura tem conseguido ótimos resultados na estratégia de participação digital dos cidadãos, seja por meio de consultas públicas ou pela estratégia de colaboração do cidadão com a gestão pública via Colab.

“Mesmo com o aumento de demandas, a Prefeitura segue com o índice de atendimento alto, de quase 90% das solicitações recebidas. Vamos continuar investindo nessa estratégia para que essa política pública inovadora se consolide ainda mais e os cidadãos de Niterói sejam cada vez mais parceiros do poder público na gestão do dia a dia e nas tomadas de decisão”, concluiu Fernando Stern.

 

 

Portal de Serviços – Com a Estratégia de Governo Digital de Niterói, os cidadãos terão maior facilidade no acesso aos serviços públicos através do Portal de Serviços, que já oferece informações sobre 300 serviços. O Portal já conta com 41 serviços digitais tais como solicitações relacionadas ao IPTU; à emissão de certidões urbanísticas; à revalidação de licenças sanitárias e à autorização para realização de eventos em espaços públicos.

Há um esforço para dinamizar a economia local e o ecossistema de inovação. Em 2023, o tempo de abertura de empresas deve ser reduzido para menos de 24 horas, com alvarás concedidos de forma automática, dependendo do tipo de atividade econômica.

Processo Eletrônico – A Prefeitura espera melhorar ainda mais a gestão dos gastos governamentais e o aumento da produtividade com a simplificação e digitalização dos processos e a eliminação do papel, realizando a tramitação eletrônica de 100% dos processos administrativos. O Processo Eletrônico vai proporcionar, por ano, uma economia de R$ 1 milhão e de 25 toneladas de papel quando estiver concluído. A medida também vai reduzir o tempo médio de análise e resolução de processos em até 10 vezes.

A previsão é de que, no final de 2023, 60% de todos os processos administrativos municipais estejam tramitando em meio digital. A meta, definida no Plano Plurianual (2022-2025) da Prefeitura, é que 100% dos processos administrativos sejam tramitados eletronicamente até o fim de 2024. O Processo Eletrônico estima reduzir o tempo médio de análise e resolução de processos em até 10 vezes. Hoje, todos os processos de aquisição da Prefeitura são realizados em meio digital.

A transformação digital do município é uma das prioridades da Prefeitura desde o lançamento do Plano Estratégico Niterói Que Queremos 2013-2033, por meio do investimento na modernização da gestão. A medida possibilitou a integração de sistemas administrativos, a implantação de iniciativas tecnológicas para melhorar os serviços de Niterói como o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) e o Sistema de Gestão da Geoinformação (SIGeo).

A estratégia também prevê a disponibilização de acesso local à internet gratuita (Wi-Fi) em alguns pontos da cidade, a implantação de salas de situação para monitoramento da saúde, a criação de um repositório centralizado para armazenamento e cruzamento de dados do tipo “Data Lake”, a adoção de tecnologias assistivas nos canais mais acessados pela população, além de iniciativas de letramento digital focadas em grupos em situação de vulnerabilidade.

Durante a elaboração da EGD, foram realizadas 22 entrevistas com mais de 30 órgãos e entidades municipais, além da participação de 20 especialistas e parceiros externos, governamentais e não governamentais. Mais de 120 servidores participaram de quatro oficinas estratégicas que buscaram definir os objetivos e desafios. A população participou por meio de uma consulta pública disponibilizada no Portal de Serviços da Prefeitura de Niterói.